• Estamparia

    É uma técnica de impressão que consiste em transferir tinta através de uma rede esticada numa tela. A tinta não pode atravessar as áreas em que não exista uma imagem porque terá sido aplicada uma emulsão ou verniz ao passo que a tinta pode passar livremente pelas áreas que não foram bloqueadas desta forma. O substrato que vai ser impresso é disposto por baixo da teia na qual a tinta está colocada e que vai ser espalhada por cima do material utilizando um rolo de borracha. A tinta atravessa a malha na zona da imagem e é estampada no papel ou no tecido. Esta técnica pode ser utilizada numa ampla variedade de materiais e produtos tais como canetas, guarda-chuvas, pastas para documentos, t-shirts, entre outros.

  • Tampografia

    É uma técnica de impressão que consiste numa placa de metal ou plástico que está coberta por uma emulsão fotossensível na qual a imagem é inserida através de uma impressão offset, por meio de um processo químico, formando uma heliogravura. Esta placa é coberta com tinta e escovada com uma lâmina. Em seguida, uma chapa de silicone pressiona a placa de impressão recolhendo a tinta da heliogravura e encaminhando-a para a peça onde será depositada através do contacto. As diferentes formas e grossura das chapas de silicone irão permitir-nos depositar a tinta numa ampla variedade de substratos (lisos, cilíndricos, esféricos, côncavos, convexos) e materiais (metal, plástico, entre outros).

  • Gravação a Laser

    Podemos ter uma impressão permanente, inalterável e rigorosa com técnica de impressão a laser em diferentes tipos de materiais onde os melhores resultados são obtidos em produtos metálicos. Alteramos o substrato do produto recorrendo ao laser e isto facilita a eliminação da parte da superfície do produto. Não é possível reproduzir cores se usarmos esta técnica. A cor da impressão é determinada pelo material e/ou a camada que cobre o produto.

  • Impressão Cerâmica

    Esta é uma técnica de impressão de elevada qualidade e resistência que pode ser utilizada na cerâmica, porcelana e vidro. Os itens impressos com recurso a esta técnica podem ser utilizados em microondas e máquinas de lavar louça. Para imprimir com uma impressão vitrificável, o desenho é impresso através de uma serigrafia numa superfície plana, o resultado da impressão é aplicado à peça por meio de um tapete transportador e esta é cozida em fornos industriais a uma elevada temperatura (aproximadamente 800°C) para assegurar que as tintas especiais vitrificam. A impressão vitrificável pode ser efectuada através do recurso a um processo com uma cor aditiva ou quatro cores, apesar de ser recomendado que sejam usadas cores aditivas, uma vez que as cores são mais homogéneas e bastante mais claras. Não é possível garantir que sejam obtidas na totalidade as cores Pantone devido às tintas que são utilizadas neste processo e à cozedura a uma temperatura elevada. As tonalidades podem sofrer alterações.

  • Bordado

    Esta técnica consiste na impressão multicolor de tecidos flexíveis através de agulha e fio. O logótipo que irá ser acrescentado tem de voltar a ser desenhado para ser decalcado por meio de costura. A máquina de bordar precisa desta informação para fabricar o produto. Esta técnica é especialmente adequada para cobertores, toalhas, malas, parkas, bonés, entre outros.

  • Transfer Digital

    O logótipo é impresso de forma digital numa película para impressão térmica através de um traçador de impressão e acabamento e, em seguida, esta película é cortada com base na forma exigida. Assim que o processo estiver concluído, o logótipo irá aderir ao produto que vai ser decorado através da impressão a quente. Nem todos os logótipos podem ser utilizados com esta tecnologia uma vez que a base da impressão tem de ser uma composição contínua. Recomenda-se a estampagem digital para a impressão de imagens a cores e de alta resolução quando o número de encomendas é baixo. Não pode ser garantida a obtenção de cores Pantone exactamente iguais dado que se trata de uma técnica digital. Existirão pequenas variações nas tonalidades.

  • Doming Epoxy

    Esta técnica consiste na aplicação de uma resina epoxy em etiquetas auto-adesivas que foram previamente impressas para lhes conferir intensidade. Isto garante a obtenção de uma etiqueta com uma grande intensidade que é agradável ao toque. O resultado final é um efeito em 3D.